Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Tema: Saber

Tipos de seguros. Ramo vida e ramo não vida.

Tipos de seguros. Ramo vida e ramo não vida.

Os seguros dividem-se em 2 categorias distintas.  Temos assim os seguros do ramo vida, que engloba os seguros de vida clássicos e os seguros financeiros. No ramo não vida ou também denominado de ramos reais englobam-se todos os seguros que têm objecto bens patrimoniais e também os seguros pessoais (exceptuo o seguro de vida). Nesta divisão é baseado muitos aspectos ligados directamente... 


Funções de um mediador de seguros

Funções de um mediador de seguros

Enveredar por uma profissão ligada à actividade seguradora é uma das alternativas para quem conclui um curso de mediação de seguros. As hipóteses são variadas, pois existem várias formas de exercer esta actividade comercial, seja em regime parcial ou a tempo inteiro. Tudo dependerá do nível de comprometimento com a actividade. Já que esta actividade pode funcionar como complemento... 


Ser Mediador: como escolher a seguradora

Ser Mediador: como escolher a seguradora

Se está a pensar enveredar pela profissão de mediador de seguros lembre-se, antes de mais, que esta perante um desafio: o mercado está muito competitivo e penso que bastante desgastado. O que pode fazê-lo sobressair da concorrência é sobretudo a seriedade e a dedicação. Todo o mediador que trabalha com seriedade e dedicação consegue manter-se e triunfar no mercado. Depois desta decisão... 


Riscos que dão origem a contratos de seguro

Riscos que dão origem a contratos de seguro

Sabendo que os seguros são uma forma de estar protegido de eventuais acontecimentos  que provocam danos ou prejuizos, importa saber afinal o que que pode ser segurável e o que não é permitido segurar. Fazer um seguro é transferir o risco para uma seguradora. Assim o seguro vem cobrir um risco. Mas afinal o que é risco? O risco é uma possibilidade, é algo desfavorável que pode acontecer.... 


Razão de existência e utilidade dos Seguros

Razão de existência e utilidade dos Seguros

Depois do artigo sobre a importância dos seguros, importa agora abordar a utilidade dos seguros, pois nada melhor do que ter em mente estes conceitos na hora de contratar um seguro, nomeadamente a sua finalidade e por existem. Na base da ideia da criação de  seguros está a possibilidade de ocorrência de sinistros, caso contrário não tinham razão de existir. Com a imprevisibilidade do... 


Tipos de franquias nos seguros

Tipos de franquias nos seguros

Como funcionam as franquias é uma das perguntas que muitas pessoas questionam, já que existem e são de várias formas. Nada melhor que definir o que é franquia e apresentar as suas tipologias, para ficar mais esclarecido sobre este assunto e poder contratar um seguro com franquia sem dúvidas. Definição de Franquia: é o valor correspondente a parte do prejuízo que fica a cargo do tomador... 


A importância dos seguros

A importância dos seguros

Os seguros têm uma importância Social e Económica. Os seguros são uma fonte de equilíbrio e tranquilidade contribuindo para eliminar a ansiedade decorrente da insegurança face às incertezas do futuro. Diminuindo desta forma o risco de perdas patrimoniais a que se está sujeito.  Estar segurado é  estar protegido, mas não só. Na importância social dos seguros, existem duas grandes áreas... 


Arbitragem de Seguros, CIMASA vira CIMPAS

Arbitragem de Seguros, CIMASA vira CIMPAS

Com o objectivo de ampliar as suas competências o CIMASA, Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Seguros Automóveis passou a designar-se por CIMPAS, Centro de Informação Mediação, Provedoria e Arbitragem de Seguros. Além da alteração de nome este serviço trouxe igualmente mais competências na intervenção de sinistros. Porque nem sempre é fácil chegar a um acordo no que... 


Mediador de seguros, uma profissão com futuro.

Mediador de seguros, uma profissão com futuro.

Tem gosto pelas vendas ,é sério, comunicativo, priviligia o relacionamento interpessoal e não é dos que desiste facilmente, então pode preencher os principais requisitos para ser mediador de seguros. Mas ser mediador é muito mais do que vender. Há que gerir a carteira para não perder clientes. Tem de se ser persuasivo para se mostrar que nem sempre o mais barato é o melhor e imaginativo... 


Seguros vistos à lupa, abordagem aos seguros

Seguros vistos à lupa, abordagem aos seguros

Seja para prevenir ou porque são obrigatórios, a verdade é que não podemos viver sem eles. Se temos automóvel a Lei impõe que façamos seguro de Responsabilidade Civil. Por Lei o trabalhador é igualmente obrigado a possuir seguro, seja ele a fazê-lo (Conta Própria) ou o empregador (Conta de Outrém). Por outro lado, e devido à actual crise, também somos incentivados a subscrever PPRs,... 


AVISO:Todos os artigos publicados no blogue mediador.pt são puramente informativos e não podem ser confundidos com aconselhamento financeiro.