Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Carro clássico merece um seguro à medida

Se é um apaixonado por automóveis clássicos e adora dar umas voltas no seu mais que tudo de 4 rodas, decerto que já pensou em ter um seguro automóvel à medida das suas necessidades. Este tipo de veículo tem um seguro específico que fica a um preço bastante em conta. Mas atenção este tipo de seguro tem algumas exclusões e o baixo preço que custa não justifica o elevado risco que corre se não o utilizar correctamente.

Antes de mais, se possui um carro antigo decerto que o quererá preservar acima de tudo até porque a sua manutenção não fica barata. Desta forma não circulará com ele todos os dias. O seguro de responsabilidade civil direccionado para o automóvel antigo não cobre danos que possa provocar a terceiros se usa o carro todos os dias. Se for este o caso, independentemente da idade do carro, deverá ter um seguro de responsabilidade civil automóvel normal.

Tirando algumas excepções, as seguradoras só aceitam subscrever as coberturas de responsabilidade civil, assistência em viagem e ocupantes. Mas algumas Companhias, como a Liberty ou a Tranquilidade, garantem uma indemnização em caso de danos próprios. E justifica-se, pois os clássicos chegam a valer milhões!

Se pretender subscrever as coberturas de Danos Próprios fique a saber que geralmente as seguradoras exigem a contratação de uma franquia mínima, normalmente de 2% em caso de Choque Colisão Capotamento, Incêndio, Raio ou Explosão, Riscos Catastróficos e de Vandalismo. A cobertura de Furto ou Roubo geralmente não tem franquia.

Condições de aceitação

Como já foi referido, uma das condições para se poder subscrever este seguro é o seu carro ser considerado um automóvel antigo. Ou seja, não basta apenas ter mais de 25 anos, mas ser certificado e considerado pelas entidades competentes como um verdadeiro clássico. Associações como o Automóvel Clube de Portugal ou o Clube Português de Automóveis Antigos emitem o seu parecer.

Além desta condição, algumas seguradoras exigem que o veículo esteja guardado em garagem. Se subscrever as coberturas de Danos Próprios esta exigência tem todo o sentido, pois se o clássico não estiver guardado em garagem mais facilmente é roubado e ou danificado .

Outras condição muitas vezes exigida é que o carro não percorra mais de 5.000 Km anuais. Esta situação é comprovada através do certificado de Inspecção e dá mais garantias à seguradora que realmente o carro que está a segurar não é de utilização diária.

Não arrisque

Se é possuidor de um carro com mais de 25 anos mas que não é considerado automóvel antigo, então subscreva uma seguro normal de Responsabilidade Civil Automóvel, pois em caso de acidente se a seguradora verificar que houve fraude, tem toda a legitimidade para declinar o sinistro.

Subscrever actualizações

rss

Comentários



AVISO:Todos os artigos publicados no blogue mediador.pt são puramente informativos e não podem ser confundidos com aconselhamento financeiro.